As calçadas de Goiânia vão ter, obrigatoriamente, pisos táteis em sua faixa livre, por onde os pedestres devem caminhar, já a partir da próxima semana. Os pisos são blocos que, ligados, indicam uma direção ou um alerta para as pessoas com deficiência visual ou baixa visão, normalmente de cor amarela ou laranja. A obrigação existia apenas em tese desde 2008, quando foi criado o Estatuto do Pedestre, mas foi regulamentada ontem (03/12), com a assinatura de decreto pelo prefeito Paulo Garcia. Com o decreto, a obrigação passa a ser cobrada especialmente em relação a novos projetos públicos ou privados. O empresário Ilézio Inácio Ferreira, presidente da Consciente Construtora e Incorporadora, inaugurou os projetos de calçadas acessíveis em 2012, nos empreendimentos de sua empresa. “Para fazer tudo igual, tive que pegar autorização de todos os vizinhos da quadra e arcar com todos os custos”, lembra Ilézio. Essa dificuldade poderia ser agravada caso não houvesse a anuência da vizinhança. A solução para isso, segundo Ilézio, é o Poder Público se responsabilizar pelas calçadas. “Hoje os passeios são espaços públicos transferidos para o proprietário”, comenta o empresário.

 

 

 

Fonte: www.ademigo.com.br

Autor
evoimov

Compartilhe

Facebook Twitter Google+ linkedin email Outras Redes