tome nota

 

                                                          A Câmara Brasileira da Indústria da Construção recebeu com satisfação as medidas mais recentemente anunciadas pelo governo federal no processo de alavancagem do setor habitacional no País. Na avaliação da entidade, decisões tomadas na última reunião do Conselho Monetário Nacional, dia 28 de maio passado, contemplam parte das demandas e terão impacto positivo sobre a atividade. Preocupada com o impacto da crise econômica, a CBIC reivindicou junto ao Banco Central a liberação do uso de recursos do depósito compulsório visando a manter o fluxo do crédito para a casa própria e a garantir as unidades em produção. “O governo percebeu que os problemas causados ao mercado pela ausência de crédito poderiam comprometer o futuro e as expectativas das empresas do setor”, avalia José Carlos Martins, presidente da CBIC.

 

 

 

Fonte: www.ademigo.com.br

Autor
evoimov

Compartilhe

Facebook Twitter Google+ linkedin email Outras Redes