As calçadas de Goiânia passam a ter, obrigatoriamente, pisos táteis em sua faixa livre, por onde os pedestres podem andar com segurança e conforto já a partir desta semana. Os pisos são blocos que, ligados, indicam uma direção ou um alerta para as pessoas com deficiência visual ou baixa visão, normalmente de cor amarela ou laranja. A obrigação existia apenas em tese desde 2008, quando foi criado o Estatuto do Pedestre, mas acaba de ser regulamentada, com a assinatura de decreto pelo prefeito Paulo Garcia. Com o decreto, a obrigação passa a ser cobrada especialmente em relação a novos projetos públicos ou privados. O empresário Ilézio Inácio Ferreira, presidente da Consciente Construtora e Incorporadora, inaugurou os projetos de calçadas acessíveis em 2012, nos empreendimentos de sua empresa. “Para fazer tudo igual, tive que pegar autorização de todos os vizinhos da quadra e arcar com todos os custos”, lembra Ilézio. Essa dificuldade poderia ser agravada caso não houvesse a anuência da vizinhança. A solução para isso, segundo Ilézio, é o Poder Público se responsabilizar pelas calçadas. “Hoje os passeios são espaços públicos transferidos para o proprietário”, comenta o empresário.

 

 

 

Fonte: www.ademigo.com.br

Autor
evoimov

Compartilhe

Facebook Twitter Google+ linkedin email Outras Redes